quinta-feira, 26 de março de 2015


Sabe aquele livro reportagem que você inicia a leitura e não consegue parar ?

Pois é, assim foi esta leitura.

Feliz por ter uma obra dessas em minha prateleira.

Assustada mais uma vez com esta humanidade sem humanidade.

Que mundo vivemos.

É um livro que super indico, foi um presente !

Um comentário:

Lari Reis disse...

Uhm... A história parece bem interessante. Mas, tenho uma dúvida: é uma leitura muito pesada/triste? Esse tipo de relato as vezes me deixa meio pra baixo.